BTT – Maia

Campeonato de BTT – XC dos jogos de Interfreguesias da Camara Municipal da Maia.

  • C. M. da Maia

    Camara Municipal da Maia

     

  • Cartaz 2008

    cartaz-interfreguesias-2008.jpg

     

  • Edições anteriores

    Edições anteriores.
  • Arquivo

  • Pedaladas

    • 38,172 Trips
  • Colaboradores.

    Henisa

     

    Paulo Ribeiro

     

    Oficina Gondim

     

    Bike Zone

4ª Prova Aguas Santas – Monte Caverneira

Posted by bttmaia em Maio 3, 2008

Ela aí está, a mazinha como lhe gosto carinhosamente de chamar, a 4ª etapa deste convívio do Inter-Freguesias da Maia, já neste próximo Domingo 11 de Maio.

Desta vez vamos até ao coração de Aguas Santas, muito perto do secular Mosteiro da Senhora do Ó.

O monte da Caverneira acolhe aquela que para alguns já é muito conhecida e para outros uma descoberta, para todos fica sempre recordada como sendo diferente. 😉

Como em anos anteriores lá estarão as velhas conhecidas, como a famosa subida, a cómica descida dos amigos Bikeass, o deserto da pedreira a escorregadia descida, mas este anos vamos ter umas amigas que não foram convidadas, mas que apareceram em força, apesar do Clã Ximbra ter perdido um dia de foice e máquina de roçar para “barbear” as estafermas das silvas.

Conselho de amigo, nesta prova invistam em força na “nha-nha verde”, mais conhecida por selante de furos 😉

Como chegar até lá:

A prova desenrola-se na vertente Este do monte virada para a A3 (Por isso não sigam as placas que indicam “CAVERNEIRA” pois estas indicam a quinta que fica na vertente oposta do Monte).

Pela estrada que liga o Alto a Maia com Parada (MILANEZA) quem sobe após passar debaixo do viaduto da A3 virar à direita para estrada larga em asfalto, até ao Parque TIR da empresa Malau, quem desce após o Mosteiro de Aguas Santas e mesmo antes do viaduto virar à esquerda.

Quem vêm da Areosa (Circunvalação) para o Alto da Maia (Maiashopping) vai encontrar uma estação de serviço da ESSO e após a ponte sobre o caminho de ferro, virar à esquerda em direcção a Sangemil, depois sempre em frente.

Complicado? Não vai ser, nós colocaremos placas com indicações. 🙂

Aqui vai o horário:

  • 9h00 Abertura do secretariado.
  • 10h00 encerramento do secretariado.

Novas inscrições (estes continuam a pagar os 2€50 para o seguro). Levantamento dos dorsais (todos têm de voltar a apresentar o B.I.), agradecemos que todos façam o levantamento dos dorsais neste horário.

1ª Prova+/- 9h30

  • Bambis Femininos – 2 voltas de 500 mts
  • Bambis Masculinos – 3 voltas de 500 mts
  • Infantis Masc. – 4 voltas de 500 mts
  • Juvenis Fem. – 3 voltas de 500 mts

2ª Prova – Após o termino da 1ª prova.

  • Juvenis Masculinos – 3 voltas de 2100 mts
  • Seniores Femininos – 3 voltas de 2100 mts
  • Juniores Masculinos – 4 voltas de 2100 mts
  • Veteranos B – 4 voltas de 2100 mts

3ª Prova – Após o termino da 2ª prova

  • Seniores Masculinos – 5 voltas de 2100 mts
  • Seniores Prós – 5 voltas de 2100 mts
  • Veteranos A – 5 voltas de 2100 mts

Trak de GPS em ficheiro “gtm” de referência do local da prova.

Ximbra

Anúncios

16 Respostas to “4ª Prova Aguas Santas – Monte Caverneira”

  1. Argo said

    Mais facil sera,saida para ermesinde (santa rita) na rotunda a esquerda para Aguas Santas depois de passar a ponte á esquerda depois haverá informação,não é people.

  2. ximbra said

    É uma das opções

  3. Desculpem este offtopic.
    Partindo eu do princípio de que os amigos que estão neste campeonato gostam da competição, provavelmente como eu gostavam de ver e de saber mais notícias sobre BTT e como são poucas as de BTT neste mundo globalizado pelo futebol, aproveito este espaço para dar a notícia que para mim marca um ponto histórico no BTT nacional e quiçá o nascer de uma grande referência que para mim já o é. Estou a referir-me ao campeonato do mundo de BTT que na sua terceira prova realizada no passado fim de semana 3-4 de Maio em Madrid a categoria de juniores foi vencida pelo nosso pequenito Português Ricardo Marinheiro.
    Ricardo Marinheiro consolida assim ainda mais a sua pequena devido à idade mas extraordinária carreira onde este ano além de ser lider da taça de Portugal, também o é no Open de Espanha…!?
    Ler mais sobre este tema no blog Abrasar: http://abrasar.blogs.sapo.pt/
    E também no post do mesmo blog em: http://abrasar.blogs.sapo.pt/9097.html

    Um abraço

  4. Tools said

    Nota de imprensa sobre a prova de Gemunde. Ver no seguinte link:

    Ou consultar a página da imprensa deste blog. 😉

  5. Tools said

    Mais outra nota de imprensa:

    Ver nos mesmos sítios 😉

  6. need for speed said

    !!! o meu enorme descontentamento com esta prova teve relacionado com os atletas singlespeed… mostraram um claro desrespeito pelos outros, que possuiam andamentos mais rapidos.. tendo ouvido diversas vezes o verdadeiro “passa por cima se quiseres porque daqui não me arrumo!!” e meus senhores, não ouvi isto nem uma, nem 2 vezes, e pelos vistos não fui o único pois no final da prova mais atletas afirmaram o mesmo!!

    sinceramente acho que não vos custava nada arrumarem-se pra uma berma para deixar os outros passarem, principalmente os que vão a lutar por um lugar mais cimeiro (digo os que estao no top20! pois sao lugares pontuaveis!!) eu arrumei-me pro canto mesmo nos singletracks quando os veteranos que estao a lutar pelo podio e pelo top 5 passaram por mim!! e siim!! estou no top20, e mesmo assim arrumei-me pro meio das silvas visto eles tarem com mais andamento que eu! coisa que nao aconteceu de forma alguma nos singlespeeds (nao quero generaliza-los a todos.. mas pelo menos 2 marmelos tal aconteceu!!!)

    Quanto a prova:D sim senhor! digna do rotulo de dureza e parabens aos vencedores que andam de mota por la fora 😀

  7. bttmaia said

    Agradecia que todos os autores dos comentários aqui colocados se identificassem convenientemente, nome e se atleta até o nº do dorsal. A partir de agora qualquer comentário que não esteja identificado o seu autor, será apagado.

    A organização.

  8. Anónimo said

    Ricardo Sá dorsal 401

    Tambem eu ouvi passa por cima, de 1 participante ss quando pedi para passar. De lamentar é mesmo a falta de fair play pois pedi para passar antes de entrar num single track e antes de abrir resolveu fazer 1 mini-sprint até ao single.
    (pedi antes da descida de terra preta k passava pelo meio dos pinheiros). Não é por ai k vai morrer alguem mas podia ter terminado 1 lugar acima, pois perdi no sprint final.

  9. Anónimo said

    Ricardo Sá dorsal 401

    Parabens á organização pelo percurso k estava 5 estrelas

  10. Caros amigos.
    Se gostam de participar neste Inter se gostavam que tivesse continuidade para o ano, então pedia por favor para contribuir com a vossa ajuda e empenho em contribuir com comentários públicos que dêem uma boa imagem deste evento que tanto gostamos.
    Neste âmbito é com tristeza que assisto já a três comentários (dois aqui e um noutro post) directos a atletas que deveriam ser resolvidos no local directamente com as pessoas envolvidas e não publicados aqui e que só vai denegrir a imagem do inter perante o público em geral, colaboradores e à Edilidade que o patrocina, não correspondendo na realidade e no geral ao bom ambiente que se vive no Inter.
    Excessos no stress da competição todos os atletas os tem, eu tenho, os mais pequenos tem e o Avó Ximbra que o diga quando o querem ultrapassar, assim como as concorrentes femininas e no final da prova são muitos os atletas já com a cabeça mais fria que reconhecem os seus erros e sentem a necessidade de pedir desculpas. Quem nunca errou que atire então a primeira pedra.
    Neste circuito já todos sabiamos que teriamos de gerir muito bem a tática das ultrapassagens, mas na minha opinião com respeito para com os mais lentos porque tem o mesmo direito de circular na prova, eu próprio aqui me penitencio pelo stress que criei a alguns colegas mais lentos para os ultrapassar também tive momentos que era impossível ultrapassar, mas tenho a consciência tranquila por sempre lhes agradecer a ultrapassagem, paciência temos de pensar o que seria uma competição sem os atletas logo abaixo dos primeiros provavelmente não fazia sentido falar do top20, ou top10 ou até mesmo top5, se calhar nem havia inter freguesias.
    Por conseguinte o incremento de outra classe tão inovadora como é a SS só vem prestigiar ainda mais o Inter, os atletas em questão foram muito corajosos em estar presentes depois de muita insistência e trabalho de os convidar a estar presentes no Inter, podiam apenas passear-se pelo circuito, mas não, esforçaram-se ao máximo competindo no máximo das suas forças dando espectáculo ao público presente que ficou a falar deles com admiração pela competividade que fizeram… E eu que fui o terceiro veterano pode comprovar o andamento diabólico que empreenderam de certeza, pois não apanhei nenhum para admiração minha.

    Bolas e com isto já atrasei a publicação das classificações… :/
    Um abraço e critiquem sim é os que atiram lixo pró chão… mas isso é outra história … 😉

  11. Boas a todos,

    Pelo facto de ter estado presente na 1ª edição da ligação entre Póvoa de Varzim e a Sra da Graça não me foi possível estar presente na prova de Aguas Santas.

    No entanto quero dar os parabéns á organização por ter sido pioneira na inclusão de uma classificação de SingleSpeed, pois sei que existiram algumas hesitações em incluir ou não esta classe no Inter. Acho que a inclusão desta classe foi uma decisão extremamente feliz e válida para o Inter.

    No entanto temos que ter noção que uma bicicleta de SingleSpeed não premite aos atletas uma velocidade/desmultiplicação tão efectiva e rápida como nas bicicletas MultiSpeed. O que obriga a que os atletas de SingleSpeed se tornem mais lentos.

    No entanto e na minha modesta opinião acho que devemos acima de tudo optar por uma opção de bom senso. Sendo assim, os atletas que “competem” em SingleSpeed ao terem a noção de que são mais lentos devem sempre facilitar as ultrapassagens aos atletas MultiSpeed.

    Na “competição” existem sempre picardias e stresses por culpa da adrenalina elevada, por isso, acho que devemos por para tras das costas algumas situações ocorridas durante as provas(mas atenção aos limites em relação ao que é proferido!!!!)…

    Boas pedaladas a todos e até dia 15 de Junho na Barca

  12. Pedro Avelino Silva/ bravuscuras dorsal 434 said

    PArabens ao inter pela inclusão desta nova categoria!!!! Sinceramente acho uma ideia de louvar e dou os parabens aos Bravos que andaram como se não houvesse um amanha!!! 😀

    Lendo as “critica” aqui feitas, acho que uma solução seria não por os singlespeeds a arrancarem com os federados (porque acho que foi isso que aconteceu!!) mas em vez disso arrancarem com os veteranos A, assim ja nao haveria tanta gente a ter de passar por eles!! Isto para o povo que tem pedalada para isso… mas isto é apenas a minha opiniao e vale como tal, nada mais!

    relativamente a prova.. 😀 durinha com singletrack’s muito bons!!!! Parabens a organizaçao!!!

  13. Boa tarde, preciso com urgência de um mail da organização para apresentar um pedido oficial da nossa equipa.

    Joaquim Amândio Santos
    Clube BTT MONTE MOZINHO

  14. Boas,

    Atenção aos erros na pontuação da 4ª prova!!!

    Houve atletas a pontuar sem terem alinhado á partida!!

    Boas pedaladas

  15. Ok Fonseca, para breve os erros serão corrigidos.
    Existem mais situações a ser corrigidas que também já foram encontradas.
    Quando todos os erros estiverem descobertos faz-se a publicação com actualização geral.

    Um abraço.

  16. ximbra said

    Amigos BTTISTAS

    Obrigado pela vossa ajuda quanto ás rectificações, efectivamente havia alguns erros, mas nem tudo conseguimos controlar e erros por vezes acontecem.

    O atleta 406 não participou nesta ultima prova, mas alguem correu com o dorsal dele 🙂

    Quanto ás inscrições agradecemos mais atenção por parte de quem se inscreve ou directores de equipas, pois muitos atletas inscrevem-se como individuais e depois pedem para migrar para inscrição numa equipa, isso cria muito trabalho e não podemos andar sempre a alterar, assim como alterar nomes de equipas.

    Quanto aos atletas SS, conhece os e sei que não fizeram por mal apenas participaram pela primeia vez e não estavam ainda a par das nossas regras de fair play, mas sei que é um assunto esclarecido.

    A ideia de eles correrem, não no primeiro escalão mas sim após a partida ds outros escalões é aceitavel e assim se fará.

    Outro assunto que tenho de ser um pouco mais severo é com a ajuda que se dá a atletas em prova, ajudar um pequenino a passar um ponto dificel ou perigoso é permitido, empurrar durante o trajecto é batota, se já é feio nos pequeninos , é imperdoavel nos escalões maiores, agradeço que não volte a acontecer .

    Outro assunto que tenho de esclarecer é sobre a troca de bicicleta durante a prova, a organização permite a troca, mas o dorsal tem de ser trocado e se o atleta passa na zona da meta sem o seu dorsal original, obviamente não será considerada essa volta .

    Quanto ás classificações finais, queria alertar mais uma vez para as regras.

    Individualmente contam as 4 melhores classificações , automaticamnete a não participação conta como a pior classificação .
    Em caso de empate conta para desempate o seguinte:
    1º Maior numero de provas participadas , contam as 5 provas
    2º A melhor classificação .

    Por equipas
    Contam as classificações das 5 provas
    Em caso de empate, ganha a equipa que fizer mais 1ºs, depois mais 2ºs e por seguintes .

    Ximbra

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: